06/04/2014

Resenha - Morte e vida de Charlie St. Cloud (Ben Sherwood)

Título: Morte e vida de Charlie St. Cloud
Autor: Ben Sherwood
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219183
Páginas: 304
Ano: 2010

Sinopse: Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É nesse mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a, assim, para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás - e à descoberta de que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nosso coração.


Charlie, o mais velho e Sam, o mais novo, são dois irmãos inseparáveis. Ambos são muito amorosos e brincalhões. Quando a mãe dos garotos sai para trabalhar no turno da noite, deixa Charlie responsável por Sam. Até que Charlie decide levar seu irmão para um jogo de beisebol. Eles pegam um carro "emprestado" e partem para o estádio juntamente com seu cão. No caminho de volta para casa, um terrível acidente coloca a vida de Charlie em risco, fazendo-o passar pela "quase morte" e acaba com a vida de Sam e do seu cachorro. Mas antes, Charlie lhe fez uma promessa: nunca iria abandoná-lo como seu pai fizera. Nunca.
Treze anos depois, Charlie trabalha no cemitério onde Sam está enterrado. Vive na mesma rotina chata e cansativa todos os dias. Não possui amigos, só os que trabalham com ele. Com o dom de enxergar e se relacionar com espíritos por ter voltado à vida depois do acidente, durante todos esses anos no pôr-do-sol, os irmãos se encontram para jogar beisebol, a única coisa que o alegra. 
Um dia, Charlie conhece Tess. Uma jovem bonita e bem-humorada que sonha em velejar pelo mundo sozinha em seu barco. Trocam olhares e diálogos breves e, de certa forma, irônicos. Os dois acabam se apaixonando, deixando Charlie cada vez um pouco mais distante de Sam.Tess consegue enxergar Sam. Um pequeno detalhe pode significar muita coisa.
Então, Charlie descobre que, enquanto tudo o ele e Tess passaram juntos, a vida dela esvaía-se. Ele precisa escolher entre continuar a cumprir sua promessa à seu irmão ou salvar a vida da garota que ama.

" -Pessoas que morrem de uma maneira muito abrupta ou que não querem se desapegar do mundo físico podem exercer uma presença muito forte."


"Ele realmente queria passar a sua vida inteira ali, somente para ser enterrado ao lado do seu irmão, com um cortador de grama de bronze sobre o túmulo em sua memória? Como ele poderia fingir que a vida ainda tinha importância sem Tess?"

O livro possui uma linguagem clara e direta.
A relação de Sam e Charlie dá vida ao enredo. Sam ainda tem a sua inocência e, Charlie, apesar de ser sério por causa de seu passado, consegue ser aquele garoto que sempre foi. Morte e vida de Charlie St. Cloud tem uma explosão de descobertas. Sei que muita gente terminou de lê-lo com lágrimas nos olhos, mas também teve gente que achou clichê. Porém, isso não muda o fato de que tudo nele é sim uma história chocante. Enfim, tudo no livro é magnífico. Desde a simplicidade dos personagens até a grande mensagem que Ben Sherwood quis passar.

Confira o trailer do filme!



Não se esqueça de deixar um comentário!

2 comentários:

  1. Eu já li o livro, porém, não gostei muito. Mas mesmo assim concordo com você, nada muda o fato de que o livro é bem chocante! :)
    Beijos,
    http://coemundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho eu, que a pessoa gostar ou não gostar da obra, varia do ponto de vista e da análise pessoal dela, mas o choque ao terminar de lê-lo, não tenho dúvidas de que seja enorme! Penso assim até alguém me mostrar o contrário, haha!

      Excluir

1. Comente aqui, quero saber o que achou do post! Fico feliz em responder.
2. Clique em "Seguir" para acompanhar postagens como essa e me ajudar!
3. Caso queira propôr parceria, collab ou algo do tipo, clique em "Contato" e vamos conversar por e-mail.
4. Pode deixar o link de seu blog/site, gosto de visitar outros blogs!
5.Mi casa es su casa. Volte sempre!