24/05/2017

Loteria e lactose


Eu não sinto sua falta. Nem por um segundo.
Como sentir falta de momentos em que eu era prisioneira e nem sabia? De quando você me colocou no meio de um jogo que eu nem sabia que existia mas que já havia passado para a segunda fase? 
Ou de quando você buscava qualquer vestígio de felicidade, amor e liberdade e logo decidia revirar tudo de cabeça para baixo? De quando você me fez achar que eu só tinha você e que apenas você era a única pessoa lá para mim? 
Eu não sinto sua falta. Não sinto falta do seu egoísmo, antipatia, intolerância; das suas palavras meio faladas e da sua dependência de subir nas pessoas para se sentir digno. Mas sabe, eu não te culpo e também não desejo que você quebre a cara lá na frente, porque eu aprendi contigo que desejar o mal acaba atraindo-o para si em dobro. Aprendi outras coisas também que me fizeram evoluir para que eu aproveitasse o máximo possível o agora. E nisso, só tenho que lhe agradecer.

Muito obrigada por ser yin do meu yang, digamos assim. Por ter sido meu lado ruim mas que eu sei que tem um vestígio de luz em seu interior que eu espero do fundo do meu coração que floresça.
Eu não sinto sua falta porque com você eu aprendi que o que era para ser uma perda, acabou sendo mais valioso que ganhar na loteria. Então, obrigada por ter me colocado nesse jogo que eu nem sabia que estava jogando e marcado os números da sorte. 
Eu espero que você se cure da sua intolerância e desejo que você espere que eu me cure da minha também, apesar de ser intolerante com as pessoas e com a vida seja pior do que ser intolerante à lactose.

6 comentários:

  1. Como eu digo, o amor nem sempre é bom. O tipo de pessoa que descreve no texto parece ser desprezível. Acho que o melhor que você faz foi cair fora desse "jogo". O bom disso tudo é que você está com novos aprendizados, fora isso, tu tá liberta.

    Um beijo!
    www.memorizeis.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, certas coisas servem pra gente sair de tal situação mais forte ainda e de cabeça erguida <3

      Excluir
  2. Olha, senti nojo da pessoa descrita no texto só de ler! Imagino o quanto é bom se libertar de um relacionamento abusivo e queria que todo mundo que passa pelo mesmo soubesse disso, sabe? Adorei o texto e a sensação de liberdade que passou!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! E é triste saber que pessoas abusivas existem aos montes e muitas vezes a outra pessoa não sabe da situação em que está ou não consegue sair dela, né? Queria que todos conseguissem se livrar desse peso, tanto em relacionamentos amorosos, amizade, parentesco.
      Obrigada pelo comentário <3

      Excluir
  3. Pessoas assim não fazem falta, fazem favor quando se vão das nossas vidas.
    Beijos!
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm, e fica o aprendizado, né? Beijão!

      Excluir

1. Comente aqui, quero saber o que achou do post! Fico feliz em responder.
2. Clique em "Seguir" para acompanhar postagens como essa e me ajudar!
3. Caso queira propôr parceria, collab ou algo do tipo, clique em "Contato" e vamos conversar por e-mail.
4. Pode deixar o link de seu blog/site, gosto de visitar outros blogs!
5.Mi casa es su casa. Volte sempre!